CINQ Technologies sediou a 13ª Edição do Agile Curitiba

A CINQ Technologies sediou o meetup do Agile Curitiba do mês de março. O evento contou com a seguinte programação:

• Os 3 piores erros que já cometi liderando equipes ágeis – João Dannemann (Olist);

• Antes de pensar em agilidade – Nelson Hoffman (GoTime);

• 2 sessões de fishbowl entre as palestras.

Fishbowl é um formato de discussão em grupo que promove o diálogo e a troca de experiência entre os participantes da sessão e permite que todos tenham as mesmas chances de opinar e expressar seus pontos de vista.

Os destaques da fala de Dannemann foram: “É importante considerar na utilização de métodos ágeis, uma orientação focada em estregas ao invés de tarefas. Tarefas são apenas passos para chegar ao objetivo. Ademais, quando se fala em autonomia é salutar apresentar que direcionamentos são necessários algumas vezes e que direcionar não significa violar a autonomia”.

Hoffmann, por sua vez, questionou os agilistas presentes com duas perguntas. A primeira delas foi: “O que motiva a busca por um modelo ágil?”

E as respostas foram:

• Encurtar prazos;
• Maior produtividade e eficácia;
• Diminuir desperdícios;
• Mitigar riscos;
• Resolver problemas;
• Agilidade estratégica.

O segundo questionamento foi: “o que acontece nas adoções?” Os comentários, por sua vez, foram:

• Não há um padrão mínimo;
• Os papeis não são claros;
• Gargalos nos testes;
• Bugs em produção;
• Nenhuma entrega;
• O cliente entende que o escopo é livre, então…
• Fornecedor não participa;
• Falta ou excesso de ferramentas…Caos;
• Não alinhamento entre os níveis estratégico, tático e operacional;
• Falta de patrocínio (diretoria não atua como sponsor);
• Não engajamento das lideranças;
• Não há uma visão uniforme.

Ou seja, adotar métodos ágeis impõem muitos desafios e, por isso, é necessário ter um bom plano que parta dos sponsors (níveis estratégico e tático), envolva toda a equipe e aculturação da empresa como um todo. Para que exista, assim, uma visão uniforme. Além disso, é importante que esta cultura se espelhe para todos os clientes e, neste caso, os fornecedores precisam estar inseridos no contexto da agilidade e participar das cerimônias do Scrum.

De acordo com Nôga Simões, Coordenadora de Marketing e Inovação da CINQ: “foi muito gratificante receber a 13ª Edição do Agile Curitiba aqui na nossa casa nova, pois vivenciamos a cultura ágil há 11 anos, com isso, já passamos por muitos desafios e conquistas no campo da agilidade. Estar ao lado de empresas e startups que também preconizam métodos ágeis nos projetos propicia trocas de conhecimentos muito positivas. Iniciativas como a do Agile Curitiba são muito bem-vindas por aqui”.

Tags , , .Adicionar aos favoritos o Link permanente.

Os comentários estão desativados.