Gartner alerta que poucas organizações possuem capacidade digital para adotar novos caminhos para soluções que funcionam

À medida que muitas organizações desejam mobilidade para suas equipes, com profissionais orientados para atividades não rotineiras, um crescente número de empresas busca por assistência na adoção de tecnologias que promovem um ambiente de trabalho digital. O Gartner, Inc., líder mundial em pesquisa e aconselhamento imparcial em tecnologia, anuncia pesquisa com 3.120 profissionais de organizações com mais 100 colaboradores nos Estados Unidos, Europa e Ásia-Pacífico. O estudo User Survey Analysis: Use the Digital Dexterity Index to Target Buyers Ready for New Ways of Work” mostra que poucas organizações dessas localidades (de 7% a 18%) possuem capacidade digital para adotar soluções direcionadas a novos modelos de trabalho (NWOW), como colaboração virtual e trabalho mobile.

            Uma organização com elevada destreza digital conta com colaboradores que possuem habilidades cognitivas e prática social para aproveitar e manipular mídias, informações e tecnologia de maneira única e altamente inovadora.

As melhores companhias em capacidade digital estão nos Estados Unidos (18,2% dos consultados), na Alemanha (17,6%) e no Reino Unido (17,1%). “Soluções que miram novos meios de trabalho devem apresentar crescimento, mas encontrar as organizações certas para explorar essas tecnologias é desafiador”, diz Craig Roth, Vice-Presidente de Pesquisa do Gartner.

O levantamento identificou também que profissionais nos Estados Unidos, Alemanha e Reino Unido possuem, em média, maior capacidade digital do que os da França, Cingapura e Japão. No caso dos três países no topo do ranking, os funcionários se mostram muito mais abertos para trabalhar a partir de qualquer lugar, não necessariamente em escritórios. Eles desejam consumir novos programas e sites. Esses profissionais com capacidade digital diferenciam-se por fatores culturais, evidenciados pelas características entre os países. Por exemplo, a densidade populacional impacta a habilidade de trabalhar fora do escritório e países com mais aderência a hierarquia organizacional apresentam menor afinidade com ferramentas de mídias sociais que promovem engajamento social.

Figura 1 – Capacidade Digital por País

 

Fonte: Gartner

Profissionais mais velhos são os segundos com maior probabilidade para adotar NWOW

Como esperado, trabalhadores mais jovens são, de todas as faixas etárias, os que estão mais inclinados a adotar produtos e serviços baseados em ambientes digitais. Esses profissionais possuem uma visão positiva de tecnologia aplicada ao trabalho e uma forte afinidade com o conceito de trabalhar fisicamente fora dos escritórios. Entretanto, eles são os que menos concordam que o trabalho fica melhor quando realizado em equipe.

Figura 2. – Capacidade Digital por idade do colaborador

Fonte: Gartner

            O estudo do Gartner também mostra que os trabalhadores mais velhos estão em segundo lugar quando se trata de propensão para adotar novos formatos de trabalho. Profissionais com 55 a 74 anos possuem opiniões mais positivas sobre trabalho em equipe, estão avançando para modelos com pouca rotina de trabalho e possuem uma visão mais favorável, entre todas as faixas etárias, a respeito de tecnologias para relacionamento e networking.

No grupo, funcionários de 35 a 44 anos são o ponto baixo da adoção, uma vez que acabam se sentindo fadigados com rotinas à medida que a meia idade se aproxima. Eles se mostram mais propensos a considerar que seus trabalhos são rotineiros e a ter uma visão mais vaga de como a tecnologia poderia ajudá-los em suas tarefas, sendo também os menos interessados em trabalhar remotamente.

Grandes organizações possuem, em média, maior capacidade digital que as empresas menores. “Abraçar estilos dinâmicos de trabalho, dispositivos, estruturas de trabalho e de equipe pode transformar os negócios e as relações com os colaboradores. Mas a destreza digital custa caro”, diz Roth. “Demanda recursos no design do ambiente de trabalho, em dispositivos móveis e programas, porém grandes companhias não encontram dificuldades para realizar esses investimentos”.

Pesquisas sobre Transformação Digital serão apresentadas durante o Gartner Symposium/ITxpo 2018, em São Paulo. A Interessados podem entrar em contato com o Gartner pelos telefones (11) 5632-3109, 0800 774 1440, pelo e-mail: brasil.inscricoes@gartner.com ou www.gartner.com/br/symposium.

Tags , , , .Adicionar aos favoritos o Link permanente.

Os comentários estão desativados.