Gastromotiva promove Hackaton com estudantes da Universidade Positivo

Foto: Thamires Valério

Foto: Thamires Valério

No último final de semana, 25 e 26 de agosto, a Gastromotiva realizou, em parceria com a Universidade Positivo (UP), o primeiro Hackathon UP Gastromotiva, em Curitiba. Mais de 85 alunos da UP de diferentes cursos formaram grupos que passaram 36 horas em uma maratona tecnológica criando soluções para quatro desafios propostos pela Gastromotiva, relacionados aos projetos da organização – a “Super-Liga da Comida”, o curso “Empreenda: Faça e Venda”, o Negócio Social e o relacionamento com a Rede de Restaurantes.

Os 17 grupos foram auxiliados por professores da Positivo e pela equipe da Gastromotiva. Sessões de alongamento, meditação, desafios com distribuição de energéticos, além de lounges espalhados pelo auditório com pufes e videogames deram força para os alunos durante a madrugada.

O grupo vencedor foi o “Coca-Cola”, que propôs a criação de um aplicativo de jogo online para crianças e responsáveis no projeto Super-Liga da Comida, que tem como objetivo transformar a educação alimentar das crianças para combater a obesidade e má nutrição. Como prêmio, cada membro do grupo receberá uma passagem para conhecer a Gastromotiva, no Rio de Janeiro, além de US$ 500 na conta Ebanx.

O evento também contou com o patrocínio do Sebrae e Agência Cravo e com o apoio da Cargill, Café Orfeu, Hotel Radisson, Supermercados Michel, academia Body Tech, BeeGreen Sustentabilidade, Coca-cola, Vitao, Segfy Corretores de Seguro, GateWare Tecnologia da Informação, CompWire Tecnologia e Inovação, uCondo – aplicativo para condomínio, Adimix Panificação e Confeitaria, CoferPan Food Service e Leads2b – solução completa para prospecção.

Sobre a Gastromotiva

A Gastromotiva é uma organização social que acredita no poder da gastronomia como ferramenta de transformação. O projeto capacita jovens de baixa renda em cursos profissionalizantes na área e os insere no mercado de trabalho. Em doze anos a Gastromotiva já formou mais de 4.500 alunos em São Paulo, Rio de Janeiro, Curitiba, Salvador, Cidade do México, África do Sul e El Salvador.

O projeto foi fundado pelo chef curitibano David Hertz, um dos grandes impulsionadores da gastronomia social no mundo. Hertz é Young Global Leader do Fórum Econômico Mundial de Davos, na Suíça, e já falou no Banco Mundial e no Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID).

Tags , , , .Adicionar aos favoritos o Link permanente.

Os comentários estão desativados.