Iniciadas obras de duplicação da Rodovia dos Minérios

A OECI, construtora que venceu a licitação do DER-PR para duplicação da Rodovia dos Minérios, iniciou trabalhos preliminares no trecho de 4,74 quilômetros que será requalificado entre as cidades de Curitiba e Almirante Tamandaré. De acordo com a empresa, o canteiro principal onde foi abrigado o escritório administrativo já está em funcionamento e foram iniciados serviços de levantamento topográfico.

Nas últimas semanas foram mobilizados alguns equipamentos de grande porte, como caminhões, motoniveladora e carregadeira. Estima-se que no próximo mês de janeiro um efetivo de mais de 40 integrantes seja contratado para a execução dos serviços, de um total de 300 trabalhadores que a obra deverá absorver em seu pico de trabalho. As contratações serão prioritariamente de mão de obra local.

Nesta fase inicial os trabalhos estarão concentrados em fundações de pontes, levantamentos topográficos, supressão vegetal (exclusivamente das áreas devidamente licenciadas), além da remoção de interferências com o apoio de parceiros locais, a exemplo da Copel e Sanepar.

A obra será executada basicamente no sentido Curitiba-Almirante Tamandaré e toda a extensão do traçado será devidamente sinalizada, com alguns desvios de tráfego em pontos localizados. Em breve será implementado um programa de educação patrimonial junto à comunidade no entorno da obra, com objetivo de esclarecer as dúvidas da população e apresentar os benefícios que ela trará à comunidade local.

Intervenções

No escopo da obra estão contemplados a execução de dez pontes, quatro viadutos, uma passarela de pedestres e 15 obras de contenções. Serão aproximadamente 500 mil metros cúbicos de movimento de terra e 40 mil metros cúbicos de concreto a serem utilizados. A previsão é que a obra seja concluída em 24 meses.

A Rodovia dos Minérios é uma demanda antiga da população paranaense e, além de gerar emprego e beneficiar os moradores que residem ao longo da via, vai melhorar a condição de tráfego de veículos leves e pesados na região, tornando uma rodovia mais segura para os usuários. Espera-se, com essa obra, reduzir o número de acidentes e dar mais fluidez ao trânsito local.
Adicionar aos favoritos o Link permanente.

Os comentários estão desativados.