Mercado financeiro: um cenário otimista para 2020

Renan Hamilko, sócio-fundador da Allez Invest

Renan Hamilko, sócio-fundador da Allez Invest

Por Renan Hamilko

Todo inicio de ano, os planos para o futuro sempre são os melhores e mais otimistas. Não é diferente na economia. Começamos 2020 com grandes expectativas para um cenário positivo em ascensão e um panorama cada vez mais crescente para o Brasil. Essa perspectiva vem baseada em fatos reais através das propostas e ações que o povo brasileiro vivenciou em 2019.

É fato que 2019, também, começou com grandes expectativas para a economia, mas com um cenário de incertezas e de grandes esperanças no governo que chegava e na substituição de ministros e secretários. Mudanças nem sempre são fáceis, mas o governo conquistou força e mostrou resultados positivos. Com uma inflação baixa e ancorada, juros na mínima histórica, crescimento acelerando e o desemprego gradualmente diminuindo, a confiança brasileira e internacional começou a crescer. A base para sustentar essa retomada, foi construída a partir do aperto das contas do governo e da aprovação da reforma da Previdência, que deu início a um novo ciclo econômico.

Um dos primeiros pontos que alavancou o crescimento do país foi a aprovação da reforma da Previdência, com uma economia acima da esperada. Com a união do governo para a aprovação da reforma, indicadores dos Estados Unidos e da Europa reforçaram que o risco de recessão no país reduziu consideravelmente. Outra ação que ganhou força em 2019, e foi vista de forma positiva, não só pelo brasileiro, mas pelos investidores estrangeiros, foram os ajustes fiscais que visam diminuir o gasto público. O resultado já está em andamento, com uma recuperação de 0,4% do PIB em 2019, relacionado aos gastos do governo.

E agora 2020 começa com expectativas ainda maiores em relação ao ano passado, pois já tivemos um resultado positivo para mostrar que é possível mudar. O longo ciclo de cortes na taxa de juros irá exercer efeitos favoráveis sobre a atividade econômica brasileira e deverá seguir sustentando o aumento do consumo e crédito. No entanto, os desdobramentos das políticas internacionais ainda afetam o crescimento da economia, visto que a alta polarização política e a desglobalização ainda influencia países emergentes.

A aprovação da reforma da Previdência ajudou a estancar o rombo fiscal no curto prazo. No entanto, a continuidade do processo de reformas e ajustes é importante para garantir a continuidade do processo de recuperação da economia em 2020. Por isso, a tramitação de pautas como a reforma Tributária, PEC Paralela (Estados e Municípios) e o Plano mais Brasil, dividido em três PECs (Pacto Federativo, Emergencial e Fundos), devem continuar em monitoramento.

Uma das principais perguntas que chegam para a Allez Invest é: onde investir com base nesse cenário? 2020 será marcado pelo ano em que o investidor sai da inércia e entra em investimentos mais voláteis, mas que podem garantir uma rentabilidade melhor. Fato que já foi visto em 2019 com os recordes da Bolsa. Assim, com o juro real — calculado que representa o que realmente o investimento rende – abaixo de 1% ao ano, sair da inércia virou regra para conseguir retornos melhores. Diversos países desenvolvidos já passaram por isso nas últimas décadas e a forma como o dinheiro é investido mudou totalmente.

Com esse cenário, é preciso reavaliar a carteira de investimentos e buscar mais riscos. Mas lembre-se: sempre respeite o seu perfil de investidor. E se precisar de ajuda, conte com um assessoria especializada, como a Allez Invest!

Renan Hamilko, sócio-fundador da Allez Invest

Adicionar aos favoritos o Link permanente.

Os comentários estão desativados.