Piraquara adota projeto de eliminação total de papel na gestão pública

Conhecido como Piraquara Sem Papel, iniciativa é uma parceria da prefeitura da cidade com a plataforma 1Doc, e visa à total gestão eletrônica das demandas de atendimento ao cidadão

Otimizar o atendimento das demandas geradas pela população junto ao setor público, eliminar o completo o uso papel e reduzir a burocracia, aumentando a eficiência. Esses são os objetivos da Prefeitura de Piraquara (PR). A partir de um programa intitulado Piraquara Sem Papel, a administração quer informatizar todas as demandas internas e externas. A iniciativa é uma parceria com a 1Doc, plataforma especializada em comunicação, atendimento e gestão documental para órgãos públicos.

A gestão municipal deu início ao projeto no último dia 26 de novembro. O projeto possui mecanismos que visam à economia de recursos financeiros, materiais e humanos, gerando rapidez nos atos administrativos e permitindo transparência no acesso à informação para todos os cidadãos. Desta forma, será possível dar respostas aos pedidos e requerimentos, nos prazos estabelecidos em lei, via internet. Com isso, todos os processos passarão a nascer digitalmente, eliminando completamente o uso do papel.

De acordo com estimativas preliminares realizados pela plataforma da 1Doc, com o projeto, a prefeitura de Piraquara deve ter uma economia mensal de cerca de R$ 93 mil. Isso acontece por eliminar os gastos diretos e indiretos com o uso do papel. Com a plataforma, os processos já nascem digitais e proporcionam, entre outros benefícios, que o atendimento ao cidadão seja simples e transparente. Piraquara conta com aproximadamente 100 mil habitantes.

De acordo com o Coordenador do Projeto de Modernização da Secretaria de Planejamento e Coordenação Geral de Piraquara, Denílson de Mattos, a implementação da iniciativa visa justamente à acelerar as demandas das solicitações requisitadas pelos cidadãos a partir do ambiente digital. “Com isso nós buscamos eficiência nos processos gerados, sendo a economia com a redução do uso do papel uma consequência importante “, afirma. Segundo ele, cerca de 600 processos, internos e externos, são gerados diariamente na administração municipal.

Para Jéferson de Castilhos, sócio-fundador da 1Doc, é importante que cada vez mais a administração pública busque mecanismos que resultem em ganho de eficiência, economia de recursos e, principalmente, desburocratização. “O projeto atua a favor da gestão e do cidadão, ao proporcionar uma visão geral pela administração das atividades desempenhadas em todos os departamentos e repartições públicas. Com isso, busca-se atender e responder o cidadão com rapidez, e também eliminar o desperdício de dinheiro público com uso do papel”, afirma.

Além de Piraquara, a 1Doc atua também em outros munícipios paranaenses, como Guaíra, Palotina, São Jorge d’Oeste e Medianeira. No Brasil, mais de 50 municípios e outros órgãos públicos já adotaram a informatização da gestão com a total eliminação do papel nos trâmites diários.

Adicionar aos favoritos o Link permanente.

Os comentários estão desativados.