Quais são as habilidades de 2020 para 2018?

A CINQ Technologies participou do 2020xp no último final de semana e traz informações sobre as habilidades necessárias para se manter competitivo no século XXI

O 2020xp, evento organizado pelo Aldeia Coworking, que aconteceu em Curitiba-PR, com a participação de mais de 200 pessoas, contou com quatro experiências atreladas às habilidades do futuro.

Neste sentido, verifica-se que o Fórum Econômico Mundial elencou essas 10 habilidades que os profissionais precisarão desenvolver até 2020, as quais são:

1. Solução de problemas complexos;
2. Pensamento crítico;
3. Criatividade;
4. Flexibilidade cognitiva;
5. Coordenação com os outros;
6. Inteligência emocional;
7. Tomada de decisão;
8. Orientação para serviços;
9. Negociação;
10. Gestão de pessoas.

Com o propósito de vivenciar essas habilidades na prática, os participantes do 2020xp foram divididos em quatro grupos de cerca de 60 pessoas por equipe para vivenciar experiências imersivas, com o intuito de afiar o machado com relação ao que se espera dos profissionais do futuro no presente das organizações.

A experiência enxergar foi ministrada por Carolina Haro, a qual foi morar na Tailândia com 15 anos e de lá trouxe na bagagem o aprendizado da empatia e da flexibilidade cognitiva. A facilitadora abordou temas como pensamento crítico, neurociência (cérebro automático e cérebro consciente) e técnicas como mindfulness (concentrar-se na respiração para atenção plena) e safári urbano para alinhamento do que é nosso filtro e quais os filtros das outras personas com o intuito de vivenciarmos a empatia. Ela desafiou os participantes a viverem com a curiosidade de uma criança para enxergar o mundo com diversos filtros. Carolina trabalhou com os participantes as seguintes habilidades:

1. Pensamento crítico

2. Flexibilidade cognitiva Fred Amstel (PhD em Filosofia, Design e Arquitetura, um dos grandes nomes do Design Thinking) ministrou a experiência resolver por meio da técnica do lego serious play para solucionar problemas complexos.

As habilidades vivenciadas foram:

3. Criatividade

4. Coordenação

5. Solução de problemas complexos.

Na experiência centrar, Marcelo Alves, maratonista extremo que correu 7 maratonas em 7 continentes em 7 dias, realizou dinâmicas para tomadas de decisão em momentos de alto estresse e desafiou os participantes nas seguintes habilidades:

6. Inteligência emocional

7. Tomada de decisão

Vilma Morais (Líder da Academia Nacional de Coaching), por sua vez, facilitou a experiência liderar e realizou dinâmicas como da torre de macarrão com marshmallow, além da aplicação de vários diagnósticos de liderança com o objetivo de disseminar as habilidades:

8. Gestão de pessoas

9. Orientação para servir

10. Negociação.

Assim, para nos mantermos competitivos no século XXI e fazermos jus ao slogan “eu mando nos robôs”, de acordo com Frederico Westphalen, Designer da CINQ, que esteve presente no 2020xp, “o evento trouxe abordagens disruptivas sobre a construção dessas habilidades por meio das dinâmicas propostas, obtendo interação ativa no grupo. Isso gerou engajamento e facilitou a compreensão dos conceitos, possibilitando a aplicação imediata no dia-a-dia do profissional. O autodesenvolvimento como profissional e como ser humano é essencial na carreira. Portanto, vivenciar momentos de reflexão sobre os próprios conhecimentos traz uma visão estratégica de si. O aprimoramento dessas dez habilidades fará com que nos tornemos cidadãos de alto desempenho.”

Tags , , , .Adicionar aos favoritos o Link permanente.

Os comentários estão desativados.