10 dicas para captar investimentos com um pitch de sucesso

Business idea

Business idea

Startups de todo o mundo concentram seus esforços em captar recursos para seus negócios e para isso, precisam ter o chamado “Pitch Deck”: uma apresentação que mostrará o negócio e seus objetivos inovadores para bancas de investidores e fundos de investimento. No final do dia, o pitch deck é uma sequencia de slides. A questão é que não pode ser qualquer slide ou qualquer sequência. Para captar dinheiro, a história tem que ser muito bem contada. Desafio? Na maioria das rodadas de investimento, em 3 minutos, a startup tem que apresentar para os investidores porque vale a pena investir no seu negócio, e muitas vezes nem tudo acontece conforme planejado.

No Brasil, a fase de captação de startups também já virou negócio. A 2Simple, empresa com sede em São Paulo é especialista no assunto para garantir uma captação eficaz, auxiliando desde o momento da concepção da ideia da startup, até o grande momento da apresentação do pitch deck aos investidores.

” Identificamos também que uma das maiores dores dos empreendedores é encontrar o investidor ideal para seu negócio. E por incrível que pareça, para os investidores encontrarem a startup certa também é um desafio. Por isso, além de criarmos os materiais e auxiliarmos com o roteiro dos Pitch Decks, nós fazemos a conexão entre quem busca investimento, com quem quer investir. Em pouco mais de 1 ano de trabalho, já ajudamos a captar mais de R$ 10 milhões, seja criando e guiando o empreendedor nessa jornada, ou apresentando a empresa para grandes investidores.” Explica Renato Gil, sócio da 2simple.

“Em 3 minutos a startup tem que apresentar para investidores porque vale a pena investir no seu negócio, e nem sempre as coisas saem como planejado, aliás, na maioria das vezes, a apresentação não contempla o esperado pelos investidores, e soma-se a isso o nervosismo de estar frente a frente com possíveis financiadores do seu projeto” explica Leandro Lange, sócio da 2simple.

Abaixo, seguem 10 dicas de sucesso da 2simple para todas as startups que pretendem captar recursos, e como fazer para obter resultados:

1. Faça uma abertura de Impacto

Os primeiros segundos da apresentação valem ouro. Comece de forma profissional, com uma frase simples, objetiva e poderosa mas que fale muito sobre o seu negócio. Procure voltar no tempo e se lembrar de quando foi a concepção da ideia. Qual foi a epifania por trás dela? Talvez a sua frase esteja lá.

2. Qual Problema você irá solucionar?

É extremamente importante que a startup descreva qual é a dor que o negócio irá resolver. Tem que ser enfática, clara e objetiva, lembrando a todos qual o problema vivem hoje e como a startup irá resolvê-lo. Se o começo da apresentação vale ouro, esse momento é o diamante lapidado.

3. Reason to Believe

Vestir e amar a camisa é muito valioso para os investidores, por isso, confira se em sua apresentação você está respondendo a perguntas como: por que você se importaria em solucionar esse problema? Qual o propósito do seu negócio? Como vidas serão afetadas por essa indústria? Por que a sua audiência deve se envolver com o seu negócio? Sempre com amor e paixão pela ideia. Não é só sobre dinheiro. É sobre inovar e mudar o mundo.

4. Produto

Descrever o produto é essencial, mas mostrar para os investidores um produto mesmo que seja um protótipo é realmente crítico para que eles entendam melhor a sua ideia.

É importante mostrar que além de idealizadores, são profissionais que sabem como executar suas ideias. O ideal é ter telas ou vídeos para mostrar.

5. Diferenciais

O que é diferente sobre você com relação a concorrência? Conte sobre o que você tem de melhor e seja direto. É importante mostrar que você estudou os players que já existem no mercado e quais são os diferenciais competitivos do seu negócio. É como se vender para uma vaga valiosa em uma empresa. Por que você será o melhor líder?

6. Modelo de Negócios

Diga apenas o básico, não passe detalhes.

Seja claro para que os investidores entendam sua linha de raciocínio e vejam o negócio como algo rentável. Mostre de forma simples como a sua empresa pode obter lucro. Afinal, não tem investimento se não tiver expectativa de retorno. Do contrário, não seria um investimento, e sim, uma simples doação. E isso não existe no mundo das Startups.

7. Tração de Clientes

Você já tem clientes? Se sim, coloque os números de clientes já atendidos. Aqui é importante trazer números consistentes que comprovem a tração de sua empresa. Número de usuários, ticket médio, CAC são alguns dados dos quais investidores estão sempre atrás.

8. Investimento

No PitchDeck é necessário oferecer uma visão do investimento pretendido e qual será o destino do valor captado. Em quais áreas de sua empresa o dinheiro será investido? É importante que o investidor tenha clareza do split que será feito.

Ex: 30% da verba para Marketing / 30% para equipe / 40% infraestrutura

9. Time

Mostre claramente quem é o time e o papel de cada um no negócio. Tenha orgulho do seu time e mostre os motivos.

10. Grande Encerramento

Termine com uma frase forte que passe a mensagem. “Isso é quem nós somos, isso é o que fazemos e isso é o que queremos que você faça. Obrigado.”

Adicionar aos favoritos o Link permanente.

Os comentários estão desativados.