A importância dos jovens para o empreendedorismo no Brasil

Por Ana Beatriz Cesa, presidente (2020) da Brasil Júnior

Ter acesso ao ensino superior é ainda o sonho de inúmeros jovens brasileiros e, estatisticamente, o de empreender também. Esse movimento a favor da educação, sobretudo, empreendedora, colabora para um País cada vez mais competitivo, sob patamares do desenvolvimento econômico e social.

Quando colocamos os jovens no papel de protagonistas, conseguimos ver ainda mais o valor deste movimento. Se pararmos para analisar, as empresas unicórnio ou até mesmo, as que já estão consolidadas no mercado e são atrativas do ponto de vista do consumidor, provavelmente, veremos um jovem à frente dela. Existem estudos que apontam que pessoas estão atingindo a marca do primeiro milhão antes de completar 30 anos, isso já faz parte da mudança no mundo dos negócios.

Segundo uma pesquisa realizada pela Fundação Telefônica Vivo, em parceria com o Ibope, 60% dos jovens tem como propósito de vida, empreender. Acredito que precisamos voltar os olhos para esta realidade. Quando falamos deste perfil dentro do empreendedorismo, afetamos diversos patamares que vão além do lucro, pois alcançamos, aos poucos, uma equidade de oportunidades, a possibilidade de uma mudança social e o desenvolvimento de soluções inovadoras para problemas, tanto aqueles mais supérfluos como os estruturais.

Portanto, penso que precisamos criar um ambiente que, além de valorizar, também fomente essa atitude entre os jovens. Eu, como jovem, acredito que realmente o Brasil tem a capacidade de aproveitar muito mais do potencial da juventude, e se tornar um berço para novos negócios que nos colocam à frente deles, assim como os ‘laboratórios’ que vemos lá fora em locais como o Vale do Silício, Nova Iorque, Boulder, Boston, Londres, Singapura, Berlim e Portugal, por exemplo.

O mercado está cada vez mais aquecido e a disputa por mentes brilhantes não para. O empreendedorismo é o estopim para nossa história, afinal, foi a audácia de grandes empreendedores que deu à luz a grandes avanços no nosso país. Precisamos trilhar caminhos alternativos, diferente dos que já conhecíamos até então. Os jovens têm o melhor perfil para investir nisso, pois são capazes de inovar, gerar conexões e desenvolver projetos escaláveis capazes de transformar toda uma realidade, já que principalmente eles conseguem enxergar oportunidades onde outras pessoas simplesmente não veem.

curitibait

Adicionar aos favoritos o Link permanente.

Os comentários estão desativados.