Aportes financeiros da EABR e CEABS apoiam o Hospital Pequeno Príncipe

Cuidar da comunidade e das pessoas está no DNA da Europ Assistance Brasil (EABR), líder em soluções de serviços de assistência, e da CEABS, líder em serviços de rastreamento e monitoramento de veículos. Isso se reflete não apenas em seus portfólios, mas também nas causas sociais que elas apoiam. Há três anos, as companhias investem no Hospital Pequeno Príncipe, maior hospital pediátrico do Brasil, localizado em Curitiba (PR), que comemorou seu centenário em 2019 e conta com parceiros que ajudam a viabilizar suas ações.

O Hospital utiliza a verba recebida de seus apoiadores para continuar investindo em inovação tecnológica, compra de insumos, medicamentos e o que mais se faz necessário para realizar melhorias na infraestrutura e no atendimento às crianças e aos adolescentes. As doações de recursos realizadas pelas empresas do grupo Europ Assistance acontecem por meio do PRONON e FUMCAD e somam mais de R﹩ 300 mil nos últimos três anos.

O apoio é destinado ao Projeto Pelo Direito à Vida III, que funciona por meio da associação entre assistência hospitalar, pesquisa científica e formação de profissionais de saúde. É dele a verba destinada à modernização, aquisição de equipamentos e desenvolvimento de estudos científicos, elaboração de diagnósticos avançados e, também, educação e disseminação do conhecimento desenvolvido pelo Hospital.

“A saúde é um direito básico do ser humano e sabemos que o nosso país enfrenta dificuldades em prover cuidados a toda sua população. Mas, devido às leis de incentivo, conseguimos ajudar instituições como o Pequeno Príncipe, que faz um trabalho sério e de grande valor para as pessoas”, afirma Paulo Martires, vice-presidente da Europ Assistance Brasil e CEABS.

O aporte a projetos como este contribui para que o Pequeno Príncipe consiga priorizar outros recursos recebidos para sua sustentabilidade financeira. “Aportar recursos em hospitais é uma maneira efetiva das empresas ajudarem a reduzir os impactos que as doenças mais graves têm no Sistema Único de Saúde (SUS) e também nos próprios hospitais que recebem a ajuda. Nós na EABR nos sentimos honrados em poder contribuir com o Hospital Pequeno Príncipe e, consequentemente, com a saúde e o bem-estar das pessoas”, completa Paulo Martires.

A pandemia é, sem dúvida, um dos momentos mais desafiadores do cenário da saúde no país. Neste momento, o Hospital está desenvolvendo uma série de medidas preventivas e protetivas contra a COVID-19. Dentre ações previstas e em curso, estão o aprimoramento da assistência hospitalar (por meio da aquisição de insumos, medicamentos e EPIs), reforço das equipes de saúde e o desenvolvimento (por meio do Instituto de Pesquisa Pelé Pequeno Príncipe) de estudos científicos associados ao coronavírus (no momento, existem sete pesquisas em curso focadas neste tema). Diante da pandemia, proteger os pacientes e profissionais é a prioridade da instituição.

Para a EABR e a CEABS é motivo de orgulho apoiar os projetos do Pequeno Príncipe. Para conhecer mais sobre as ações feitas pelo Hospital, acesse o site: pequenoprincipe.org.br.

Outras empresas e pessoas físicas também podem fazer parte dessa corrente. Para saber como ajudar, acesse: doepequenoprincipe.org.br.

Tags , , .Adicionar aos favoritos o Link permanente.

Os comentários estão desativados.