BCG aponta 5 etapas para transformar adversidade em vantagem

Da mesma forma como acontece agora com a pandemia de Covid-19, empresas em todo o mundo enfrentaram uma ameaça existencial durante a crise de 2008. O estudo do Boston Consulting Group How Comeback Kids Will Build The New Reality revela os truques lançados pelas organizações conhecidas como Comeback Kids para saírem da Grande Recessão ainda mais fortes do que entraram.


Para elas, diz a pesquisa, as crises econômicas significam oportunidades. Elas criam clareza e urgência em torno da necessidade de uma ação decisiva e aproveitam essa energia para inovar e redesenhar seus negócios.
Nesta análise, o BCG aponta cinco etapas específicas que as organizações ao redor do mundo podem realizar para transformar a adversidade em vantagem:

• Aja proativamente: Tome ações preventivas. Conserte antes que quebre

.
Lição de 2008: As empresas que saíram bem da crise de 2008 agiram cedo para aumentar a liquidez e investir em aquisições estratégicas, e não esperaram ser diretamente afetadas para tomar ações atenuantes.


• Aumente a vitalidade: Evite a tentação de apenas aguentar e sobreviver. Com a escalada da volatilidade, mesmo as abordagens vencedoras não duram muito.

Lição de 2008: As organizações que melhor performaram na Grande Recessão buscaram inovar, explorar novas ideias e renovar suas estratégias para que pudessem alcançar um crescimento sustentável a longo prazo.


• Construa resiliência: Lide com essa disrupção e se prepare para interrupções inevitáveis ​​à frente. Comece cultivando habilidades e ideias diversas.


Lição de 2008: As Comeback Kids desenvolveram resiliência organizacional para resistir a choques futuros e antecipá-los. O planejamento de cenários funcionou como um sistema de busca de tendências.


• Simplifique a organização: Olhe além de cortes e número de funcionários. Prepare-se para enfrentar as dificuldades e torne-se ágil para explorar oportunidades.


Lição de 2008: As empresas com melhor desempenho se prepararam simplificando suas principais operações, redesenhando processos para capitalizar no digital e gerar eficiências.


• Tenha clareza de visão: Busque múltiplas fontes de crescimento, mas tenha temas específicos como alvo.


Lição de 2008: A maioria das empresas de alto desempenho investiu pesadamente para expandir para novos países e digitalizar processos. Alguns produtos foram bem-sucedidos e outros fracassaram, mas o objetivo permaneceu fixo.

Adicionar aos favoritos o Link permanente.

Os comentários estão desativados.