Consumo online no Brasil cresceu 73% em março, na comparação com fevereiro, segundo dados da plataforma da Cashback World

Após o término do mês de março, uma das maiores Comunidades de Compras do mundo, a Cashback World, levantou dados de consumo online na sua plataforma que está presente em 49 países do mundo. Por conta dos acontecimentos recentes relacionados ao coronavírus, o comportamento de compra dos consumidores tem se alterado e os marketplaces se destacaram nas vendaspela plataforma no mês de março, representando um aumento de 242% das vendas nesta categoria, como apontam os dados levantados pela Cashback World.

Ainda segundo o levantamento que compara os resultados de fevereiro e março de 2020, o Brasil apresentou um aumento nas compras online de 73%. Entre as categorias de maior destaque em aumento de vendas na plataforma, estão: Pets (209%), Saúde & Beleza (91%), Alimentos & Bebidas (28%), Eletrônicos (14%) e Farmácias (10%). Em compensação, as categorias que apresentaram as maiores quedas foram: Moda (-91%), Casa (-61%) e Viagem (-62%).

“A queda de consumo com relação à categoria Viagem não é uma surpresa, mas é interessante observar a movimentação das categorias Pets, Alimentos & Bebidas e Moda. As pessoas estão consumindo itens de necessidade e também aqueles que a façam se sentir bem durante o momento, nesse sentido, moda parece ter se tornado uma preocupação secundária, de acordo com os dados. O aumento de itens para Crianças e Bebês, que agora estão em casa, também não é surpreendente mas é importante mantermos a atenção as próximas movimentações. Ainda é cedo para definirmos um padrão”, analisa Roberto Freire, CEO Américas da myWorld– operadora da Cashback World no Brasil.

Como uma Comunidade de Compras internacional presente em 49 países, a Cashback World também fez um recorte a nível Américas para estudar o comportamento de compras do consumidor. Este recorte engloba os Estados Unidos, Canadá, Brasil, México e Colômbia e mostra uma tendência parecida com a do Brasil, com os marketplaces liderando as vendas, seguidos pelas categorias Crianças e bebês (177%), Casa (99%), Saúde & Beleza (99%), Farmácia (61%), Alimentos & Bebidas (23%), entre outras. Enquanto a maior retração apareceu nas categorias: Presentes/Flores (-81%), Carros e Acessórios (-70%) e Viagem (-37%).

Essa movimentação toda é um fenômeno ainda novo e que está em ajuste. O comércio online está sentindo a pressão da alta demanda e necessidade cada vez maior de estruturação e tecnologia, principalmente, no tocante a logística. De acordo com dados da Cashback World, houve um aumento de 119% de novas Empresas Parcerias na categoria marketplace, na comparação entre fevereiro e março, no Brasil, o que demonstra uma maior procura das empresas para entrarem no comércio online e para oferecerem mais vantagens para os seus clientes, garantindo a sobrevivência do negócio.

Já os consumidores, em meio a incerteza que paira, tentam redefinir suas rotinas e hábitos, comprando de forma segura e inteligente, cada vez mais em busca de descontos e benefícios, como o Cashback (dinheiro de volta).

Com mais de 140 mil Empresas Parceiras na plataforma da Cashback World e mais de 14 milhões de consumidores Afiliados, a empresa oferece Cashback em cada compra feita, que varia de acordo com a loja e pode chegar a até 20% do valor da compra. Para facilitar ainda mais a experiência, a plataforma possui um aplicativo para dispositivos móveis, o Cashback App, que já está disponível para download em sistema operacional iOS e Android e onde é possível conferir as promoções, realizar compras e controlar o saldo de Cashback a receber.

Adicionar aos favoritos o Link permanente.

Os comentários estão desativados.