CORE-PR se posiciona sobre o pedágio no Paraná

Entidade que defende a categoria dos Representantes Comerciais encaminha ofício ao governo do Paraná em que aponta a necessidade de levar em conta o menor preço, a maior amplitude e o menor tempo para obras na escolha do novo modelo do pedágio

O Conselho regional dos Representantes Comerciais no Estado do Paraná – CORE-PR, enviou um ofício ao governo do Paraná nesta terça-feira, 16, posicionando a entidade na discussão sobre o modelo do novo pedágio nas estradas do Paraná.

No ofício, o CORE-PR coloca que “não podemos mais aceitar tarifas como as que estamos pagando atualmente” e, na visão da entidade que defende mais de 30 mil Representes Comerciais, o novo modelo deve levar em conta a maior amplitude, o mínimo preço e o menor tempo possível de complementação das obras.

Para o presidente do CORE-PR, Paulo Cesar Nauiack, “é importante a sociedade civil organizada se posicionar e fazer valer seus anseios porque podemos iniciar um novo capítulo de benefício mútuo para toda a população que transita pelas estradas do Paraná”, afirma Nauiack.

Adicionar aos favoritos o Link permanente.

Os comentários estão desativados.