Curitibano conquista medalha de ouro na Olimpíada Brasileira de Matemática

Lucas Nerone Rillo tem muito o que comemorar. O estudante da 2ª série o do Ensino Médio do Colégio Marista Paranaense conquistou medalha de ouro na 15ª edição da Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas e Privadas (OBMEP), a única do Paraná.

Além dele, a estudante Manoela Daros, do 7º ano do Ensino Fundamental do Colégio Marista Paranaense, levou a medalha de prata; a instituição recebeu também seis menções honrosas da competição: João Victor Gonçalvez e Nayara Trevisan, do 7º ano; Felipe Chista Richel da 1ª série do Ensino Médio; Thiago Cruz Jezz, Eduardo Costa Brito e Luigi Galvan Peceguim da 3ª série do Ensino Médio.

A competição é organizada pelo Instituto de Matemática Pura e Aplicada (IMPA), em parceria com a Sociedade Brasileira de Matemática (SBM) e registrou participação recorde em 2019, com mais de 18 milhões de estudantes inscritos.

As provas aconteceram em duas etapas – em maio e setembro, respectivamente – e distribuíram medalhas para aproximadamente 6,5 mil escolas públicas e mil escolas particulares. As cerimônias de premiação da OBMEP 2019 acontecerão em 2020, em data a ser definida.

De acordo com orientadora pedagógica do Colégio, Mabel Cymbaluk, o resultado da Olimpíada mostra que a preparação dos alunos os coloca em posição de destaque nacional. “Os resultados das olimpíadas do conhecimento como a OBMEP mostram que estamos no caminho certo. O desempenho dos alunos, além do mérito pessoal de cada um, comprova a eficácia das metodologias de ensino aplicadas em sala de aula em conjunto com o preparo para enfrentar situações de competição”, comenta.

Adicionar aos favoritos o Link permanente.

Os comentários estão desativados.