Estudantes de Curitiba vencem campeonato nacional de robótica

A equipe Conectados, formada por estudantes da Escola Municipal Coronel Durival Britto e Silva, no Cajuru, conquistou neste domingo (23) o primeiro lugar na etapa nacional torneio de robótica Nature’s Fury, na categoria Trabalho em Equipe.

Promovido pela The Fist Lego League o torneio teve a última etapa realizada em Brasília, com a participação de mais de 60 equipes de escolas de todo o país, classificadas em etapas regionais. As equipes têm estudantes com idades entre 10 e 15 anos. A equipe Conectados é formada por Maria Eduarda Sguario, Thaís Corrêa, Pedro Saragiotto, Marcos Vinícius Novinski, João Pedro Teixeira, e Vitor Banack.

O campeonato de robótica é realizado todos os anos, reunindo estudantes que, a partir de um tema proposto pela Lego, apresentam projetos desenvolvidos em equipe e que buscam a solução de problemas encontrados nas comunidades onde vivem. O tema deste ano foi “Fúria da Natureza”, que fez com que os estudantes explorassem e propusessem soluções inovadoras para prevenir desastres naturais como tornados, ciclones, avalanches, tempestades, terremotos, tsunamis, enchentes, deslizamentos de terra entre outros.

Além de pesquisa e do desenvolvimento de soluções para os temas, os estudantes precisam durante as etapas locais, regionais e nacionais da competição, criar e programar um robô construído com peças de Lego para executar os desafios propostos no torneio.

O projeto desenvolvido pelos estudantes da Escola Municipal Durival Britto e Silva foi a criação de um sinalizador para alertar moradores de áreas de vulnerabilidade sobre a possibilidade de enchente. A ideia dos garotos é a de minimizar os danos, fazendo com que um aplicativo de celular avise os moradores sobre a necessidade de abandonar o local quando o rio ultrapassar determinadas medidas.

Outras duas equipes formadas por estudantes de escolas municipais de Curitiba participaram da etapa nacional: a Cyber Rex, da Escola Municipal Prefeito Omar Sabbag (ficou em 32º lugar) e Papa Power, da Escola Municipal Papa João XXIII (38º lugar).

Vencedores

Sete equipes de escolas da rede municipal de Curitiba participaram do torneio desde as fases iniciais. Três delas foram classificadas para a fase final. “Esse é um importante resultado para a nossa rede que tem em todos os participantes vencedores”, disse a secretária municipal de Educação, Roberlayne Borges Roballo.

“Esses estudantes trazem na bagagem muito mais do que medalhas e certificados. Conquistaram conhecimentos e experiências positivas, pois até chegarem lá, dedicaram-se e passaram o ano pesquisando, observando, reunindo experiências e vivências únicas”, disse Roberlayne.

O técnico da equipe Conectados, Jonatan Alan, explica que são apenas pontos de classificação que separam as equipes, mas a participação faz dos estudantes os melhores.“Não é prêmio apenas o que queremos, são conquistas, inclusive as pessoais. Nós merecemos e nós podemos tudo, se quisermos. A equipe quis e conquistou”, disse Jonatan.

Neste ano um novo tema mobilizará as equipes na busca de desafios que os farão planejar uma sala de aula do futuro. O tema Word Class terá por objetivo aprimorar as formas de aprendizado. As pesquisas devem começar a partir de março.

Tags , , , , .Adicionar aos favoritos o Link permanente.

Os comentários estão desativados.