Ibema e BO Packaging se unem para distribuir um milhão de copos de papel para hospitais

Foto copo Ibema BO (2)

Doar para hospitais do Paraná e de São Paulo um milhão de copos descartáveis de papel. Esse é o objetivo da ação promovida pela Ibema, terceira maior produtora de papelcartão do país, em parceria com a BO Packaging, principal produtora de copos e potes de papel do Brasil. Juntas, as duas empresas pretendem não somente fornecer o copo – de uso contínuo e indispensável no ambiente hospitalar – mas também levar uma mensagem de fé e otimismo ao corpo clínico e aos pacientes que enfrentam esta situação.

Nos copos de 180 ml serão impressos agradecimentos aos profissionais de saúde e também dicas de higiene, combate e prevenção ao coronavírus. “Os hospitais estão sobrecarregados para comprar insumos hospitalares e medicamentos e, naturalmente, o consumo de copo, seja para colocar a dose do remédio, seja para a ingestão de água, também representa um custo. Nós, como a primeira indústria do Brasil a lançar um papelcartão para copo, pensamos em dar nossa contribuição dentro do que a gente já faz. Por isso, fechamos uma parceria com a BO Packaging, onde nós Ibema entraremos com a doação de matéria-prima suficiente para cerca de um milhão de copos e a BO com a formação do produto em si”, afirma Leonardo Reis, Gerente Nacional de Vendas Diretas, um dos executivos à frente deste projeto.

Os copos de papel serão distribuídos no final do mês de abril. O critério de seleção das entidades levou em conta a proximidade dos hospitais com as comunidades onde os fabricantes estão inseridos – Turvo, no interior do Paraná; na capital do estado, Curitiba; e em Embu das Artes, região metropolitana de São Paulo, além de Ponta Grossa, Jaguariaíva e Arapoti, no interior de Paraná. “Vamos direcionar esses materiais para o Hospital de Campanha Nei Senter Martins, em Cascavel, que leva o nome do nosso ex-presidente, uma das vítimas desta pandemia, e também para outras instituições públicas dos dois estados, como o Hospital do Trabalhador e o Hospital Infantil Pequeno Príncipe, ambos em Curitiba”, explica Reis.

Um dos principais entusiastas e viabilizadores da ideia, Julio Jubert Caiuby Guimarães, diretor comercial da Ibema, completa: “queremos engajar, mostrar para as instituições próximas de onde atuamos que estamos juntos nesse combate. Por outro lado, sabemos que essa ação repercute também no engajamento do nosso próprio time, que está batalhando, tocando as operações, para mostrar que também somos responsáveis por ajudar a sociedade e as famílias”.

Papel: aliado no combate ao coronavírus

Além de sustentáveis, os copos de papel contam com outra importante vantagem: a COVID-19 sobrevive por aproximadamente um dia no papel, sendo que no plástico esse tempo triplica: são 72 horas, segundo dados divulgados pelo “New England Journal of Medicine”. Seu uso em locais públicos, como os hospitais, quando comparado às canecas ou copos reutilizáveis, também é mais indicado: os copos de papel podem ser descartados, o que elimina a possibilidade de contágio através da saliva. Importantes redes de cafeterias, como a Starbucks, suspenderam o uso de copos reutilizáveis como maneira de prevenir a possibilidade de contágio. Os copos descartáveis de papel possibilitam ainda a personalização e impressão de mensagens, que podem auxiliar na conscientização a respeito do coronavírus.

Sobre a iniciativa, Felipe Domenech, Diretor da BO Packaging, comenta: “Há muito tempo trabalhamos com a Ibema nos temas de sustentabilidade, por isso, neste momento difícil, estamos novamente juntas. Convidamos toda a indústria de descartáveis a se unir e contribuir com o nosso know-how e recursos. Porque somente unidos sairemos vitoriosos desta crise”, finaliza.

Hospital de Turvo também é beneficiado

Ciente de sua responsabilidade social, a Ibema também está à frente de outras ações de solidariedade. No início de abril, a produtora doou ao hospital público Bom Pastor, localizado no entorno de sua fábrica em Turvo (PR), município que registra um dos IDHs mais baixos do estado, 100 máscaras FF2, 12 pijamas cirúrgicos, 500 toucas descartáveis, 220 litros de álcool 70, dois termômetros a laser e 600 luvas cirúrgicas – artigos de primeira necessidade. Uma outra remessa de insumos hospitalares, com três mil máscaras de tripla proteção, 15 macacões impermeáveis e 500 aventais, será entregue no dia 04 de maio para a prefeitura da cidade, que poderá, desta forma, equipar outras unidades de saúde da região.

“Estamos fazendo um trabalho de conscientização, que contempla a distribuição de panfletos com orientações de higiene – dicas que são reforçadas por um carro de som que percorre o entorno da fábrica, dia sim, dia não, alertando sobre as medidas preventivas, falando sobre as particularidades do decreto municipal e tudo o que for pertinente nesta luta contra o coronavírus”, conta Edenilson José Albino, Gerente da Planta de Turvo.

Em parceria com o Centro Comunitário administrado pela empresa, artesãs moradoras da localidade estão confeccionando máscaras de tecido, que serão distribuídas aos funcionários da fábrica e aos caminhoneiros parceiros – esses já contam com alimentação e banho fornecidos, de forma gratuita, nas duas unidades fabris da Ibema.

Adicionar aos favoritos o Link permanente.

Os comentários estão desativados.