MRV expande atuação na Região Metropolitana de Curitiba e planeja novos investimentos para 2020

unnamed - 2020-01-27T232210.836

O mercado imobiliário do Paraná apresentou um crescimento expressivo em 2019, retomando os investimentos depois de um período de baixa. Segundo o Sindicato da Indústria da Construção Civil no Estado do Paraná (Sinduscon-PR), o aumento no volume de lançamentos em relação ao ano passado é de cerca de 20% na região de Curitiba. A MRV, líder nacional no setor de imóveis econômicos, foi uma das empresas que impulsionou o mercado local, lançando dez novos empreendimentos no Estado ao longo de 2019. A construtora dedicou atenção especial à Região Metropolitana de Curitiba (RMC), que recebeu mais da metade dos novos empreendimentos. Durante o ano passado foram seis novos empreendimentos lançados em cidades vizinhas à capital, entre municípios onde a empresa já atua (Araucária e São José dos Pinhais), além da entrada da construtora no mercado de Colombo.

A empresa pretende continuar essa expansão pela RMC ao longo de 2020, estreando também um novo empreendimento em Almirante Tamandaré. “A Região Metropolitana tem crescido muito, com novos empregos e mais qualidade de vida e hoje é uma ótima opção para morar”, explica o gestor de vendas da MRV, Willians Ribeiro. Segundo o executivo, iniciar investimentos em novas cidades tem a ver com a demanda crescente por imóveis de qualidade a preços acessíveis. As expectativas da empresa para a região são boas. “Estamos investindo em empreendimentos bem localizados, com infraestrutura completa de segurança e opções de lazer. E, com a queda na taxa de juros do mercado, temos conseguido oferecer condições de pagamento ainda melhores”, comenta Ribeiro.

Mercado aquecido em Araucária

Dentre os municípios da RMC, Araucária tem se destacado como uma das cidades com maior movimentação no mercado imobiliário. Só em 2019, a MRV lançou cerca de 400 novos apartamentos na cidade, divididos em três novos empreendimentos: os residenciais Cardinali, Carmelo e o recém-lançado Claret. O valor investido pela empresa para as obras é de aproximadamente R$ 91 milhões, com geração de 194 novas vagas de emprego diretas.

Segundo Willians Ribeiro, a aposta na cidade se deve à perspectiva de crescimento econômico na região. “Além do parque industrial já existente na cidade, Araucária tem atraído também muitos negócios do setor de tecnologia, que sempre trazem muitos jovens profissionais e suas famílias, buscando fixar residência perto do trabalho”, afirma.

Investimentos em infraestrutura urbana

Além de empregos, o aquecimento do mercado imobiliário local traz também investimentos na infraestrutura urbana, seja em obras de contrapartida realizadas pelas construtoras ou em melhorias na urbanização do entorno dos empreendimentos. Nos últimos três anos, a MRV investiu R$ 13,1 milhões em obras de infraestrutura na Região Metropolitana de Curitiba. Segundo o gestor de obras da MRV, Kalel Costa Aiache, os investimentos incluem construção e reforma de praças e escolas, revitalização de ruas e plantio de árvores, de acordo com as demandas de cada município. “Nós temos sempre a preocupação de que nossos empreendimentos não sejam bons apenas para os clientes que vão morar no condomínio, mas que gerem um impacto positivo em toda a vizinhança”, destaca Aiache.

Adicionar aos favoritos o Link permanente.

Os comentários estão desativados.