Natal das startups: 16 empresas de Curitiba se unem para promover um Natal sem fome

Muito além dos números de crescimento das empresas que firmaram Curitiba como um dos principais pólos de inovação do Brasil em 2020, 16 startups curitibanas se uniram para a segunda edição do Natal das Startups. Foram arrecadados pouco mais de R﹩ 100 mil, que serão revertidos em alimentos e itens de higiene básica e destinados a mais de 600 famílias moradoras de Curitiba e região metropolitana que estão em situação de vulnerabilidade. A ação aconteceu na primeira quinzena de dezembro, envolvendo cerca de 5 mil colaboradores.

As cestas serão entregues a partir de 19 de dezembro às famílias, que lidam diariamente com os desafios de ajudar na recuperação e desenvolvimento de pessoas com deficiência, e são assistidas por instituições parceiras da ASID Brasil (Ação Social para Igualdade das Diferenças). O valor arrecadado foi repassado à ASID e convertido em cestas com 28kg de alimentos, que devem durar em média dois meses.

Participam da iniciativa colaboradores das empresas Bcredi, EBANX, HeroSpark, Juno, MadeiraMadeira, Olist, Rentcars.com, Banco Bari, Chaves na Mão, Pipefy, GhFly, Ideris, James, PhoneTrack, Tecnofit e Vhsys.

A ASID Brasil é a instituição parceira do Natal das Startups de 2020 e trabalha desde 2010 para construir uma sociedade inclusiva para as pessoas com deficiência. A organização atende mais de 30 mil pessoas no Brasil e 210 instituições.

Desde março, quando a pandemia de COVID-19 começou a ser sentida mais fortemente no Brasil, a ASID mapeou e atendeu mais de 7.000 famílias de pessoas com deficiência em extrema vulnerabilidade, que sofrem com questões como a instabilidade do mercado informal de trabalho e a suspensão do serviço especializado. O Natal das Startups tem como objetivo principal proporcionar um alívio neste final de ano para 647 famílias de Curitiba e Região.

Arrecadação

A campanha entre os colaboradores das 16 startups foi feita por uma página criada no site EBANX Beep, e todo o valor arrecadado foi integralmente repassado à ASID, já que não foi cobrada nenhuma taxa de processamento dentro da plataforma.

Além das entregas de alimentos e itens de higiene neste momento emergencial, a ação já nasceu com a preocupação na sustentabilidade do atendimento a estas famílias de pessoas com deficiência. Estão sendo recolhidos dados e informações de todos os beneficiados para que, a partir deles, próximos projetos de grande impacto sejam criados.

Adicionar aos favoritos o Link permanente.

Os comentários estão desativados.