Presidente da Intel: dispositivos integrados, inteligentes e conectados estimulam a próxima era da computação

À medida que a computação continua evoluindo além do PC tradicional, a Presidente da Intel Corporation Renée James disse que a Intel e o ecossistema tecnológico de Taiwan aproveitam a oportunidade da longa história de inovação colaborativa e fornecem experiências computacionais perfeitas e verdadeiramente pessoais.

A tecnologia de processamento diminui o tamanho, aumenta o desempenho e consome menos energia graças à Lei de Moore, que torna a escala e o potencial da tecnologia Intel e do ecossistema de Taiwan infinitos, desde a infraestrutura para a computação em nuvem e a Internet das Coisas, até a computação pessoal e móvel, bem como à tecnologia vestível.

“As fronteiras entre as categorias tecnológicas estão desaparecendo, à medida que o que importa é muito mais a experiência do usuário e cada vez menos o formato, quando todos os dispositivos estão conectados uns aos outros e à nuvem”, disse James. “Seja um smartphone, uma camiseta inteligente, um 2 em 1 super-fino ou um novo serviço em nuvem fornecido a edifícios inteligentes equipados com sistemas conectados, juntos a Intel e ao ecossistema de Taiwan têm a oportunidade de acelerar e fornecer um mundo computacional inteligente, perfeitamente conectado e integrado”.

Renée destacou as tecnologias, produtos e colaborações da Intel para Taiwan e todo o ecossistema, capazes de tornar a nova onda de dispositivos computacionais inteligentes, integrados e conectados uns com os outros, com a nuvem e com a vida das pessoas.

A computação pessoal chega em todos os formatos, tamanhos e experiências

Renée James disse que a Lei de Moore é a base, ao mesmo tempo em que reduz custos para formatos cada vez menores, com melhor desempenho e com o baixo consumo de energia que as pessoas esperavam.

Destacando este ponto, ela falou sobre o compromisso da Intel para oferecer uma ampla gama de opções de SoCs e comunicações para tablets e smartphones de todos os formatos, faixas de preços e sistemas operacionais. Renée observou ainda, que a Intel atualmente conta com 130 designs de tablets que já estão no mercado ou estarão ainda este ano, de OEMs e ODMs globais. Mais de doze tablets baseados na tecnologia Intel estão sendo lançados durante a Computex. Aproximadamente 35% dos tablets com processador Intel Atom atualmente incluem soluções de comunicações da Intel.

Renée disse também que a plataforma categoria 6 Intel® XMM™ 7260 LTE-Advanced já está sendo enviada para os clientes para testes de interoperabilidade e enfatizou que isso coloca a Intel em uma posição de liderança. “Esta tecnologia deverá aparecer em novos dispositivos nos próximos meses”.

O executivo da Foxconn*, Young Liu, uniu-se à Renée no palco para demonstrar mais de 10 tablets baseados na tecnologia Intel que já estão disponíveis ou que serão lançados em breve, variando do segmento de entrada ao de alto desempenho. Os tablets são têm processadores (codinome “Bay Trail” ou “Clovertrail+”) e SoCs Intel Atom, e muitos incluem as plataformas de comunicações 3G ou LTE da Intel.

Observando o progresso para levar a primeira plataforma SoC móvel integrada ao mercado de tablets e smartphones de entrada e valor no quarto trimestre deste ano, Renée fez a primeira chamada telefônica usando um design de referência para smartphones baseado na solução Intel SoFIA 3G dual-core. A Intel também levará uma peça SoFIA LTE quad-core ao mercado no primeiro semestre de 2015 e na semana passada anunciou um acordo estratégico com a Rockchip para adicionar uma opção quad-core da SoFIA 3G para os tablets de entrada da família SoFIA, também prevista para o primeiro semestre do próximo ano.

Renée revelou ainda o primeiro design de referência do mundo para PCs móveis de 14nm e sem cooler da Intel. O dispositivo 2 em 1 com tela de 12.5 polegadas tem 7,2 mm de espessura, possui um teclado destacável e pesa 670 gramas. Ele conta com um dock de mídia que fornece resfriamento adicional para melhorar o desempenho. O design inovador é baseado nos primeiros processadores da próxima geração do Broadwell de 14nm da Intel fabricados especificamente para dispositivos 2 em 1 e que chegarão ao mercado ainda neste ano. Chamado de processador Intel® Core™ M, ele fornecerá a maior eficiência no consumo de energia de um processador Core¹ da história da empresa. A maioria dos designs baseados neste novo chip deverá não ter cooler e oferecer tanto um tablet muito rápido, quanto um notebook fino como uma navalha.

A Intel também está fornecendo inovação e desempenho para os usuários mais exigentes de PCs. Para isso, Renée James apresentou a 4ª geração dos processadores Intel Core i7 e i5, a SKU “K”, a primeira da Intel a fornecer 4 núcleos com frequência base de 4 GHz. Este processador desktop, fabricado para entusiastas, fornece alto desempenho e possibilita novos níveis de capacidade para o overclocking. A produção começa em junho deste ano.

Para as necessidades I/O dos data centers que necessitam de melhor desempenho, a executiva apresentou a Família Intel® Solid-State Drive Data Center para PCI e para atender a crescente necessidade por soluções de armazenamento de alto desempenho, consistentes e confiáveis para o data center ao mesmo tempo em que ajudam a reduzir o custo total de propriedade. Os drives estarão disponíveis no terceiro trimestre deste ano.

Para que a computação se torne ainda mais pessoal, Renée disse que ela precisa conhecer as pessoas em seus próprios termos, tornando a interação mais natural e intuitiva. Ela destacou as colaborações e novos avanços para levar a tecnologia Intel®RealSense™, as câmeras 3D e aplicativos de suporte para um crescente número de dispositivos 2 em 1, all-in-one, tablets e outros de computação pessoal. James disse que o kit de desenvolvimento de software Intel RealSense 2014 será disponibilizado para os desenvolvedores no terceiro trimestre de 2014, fornecendo uma oportunidade para que os desenvolvedores de todos os níveis de habilidade criem interfaces de usuário naturais e intuitivas. Enfatizando o suporte e o compromisso da Intel com o ecossistema de software, a empresa realizará o Desafio Intel RealSense App 2014 de US$ 1 milhão e a fase de seleção de ideias começará no terceiro trimestre de 2014.

Tags , , .Adicionar aos favoritos o Link permanente.

Os comentários estão desativados.