Projeto EstroGênias incentiva o protagonismo feminino na ciência e na programação

Nesta quinta-feira, 11 de fevereiro, comemora-se o Dia Internacional das Mulheres e Meninas na Ciência. A data é o ponto de partida para a ação EstroGênias, criada pela área de Tecnologia Educacional da Positivo Tecnologia para inspirar e incentivar mais meninas a participarem da construção de um mundo melhor e mais inovador e serem cada vez mais protagonistas nas áreas da pesquisa, ciência, programação, robótica e tecnologia. O programa começa com influenciadoras e professoras compartilhando lições simples de programação em suas redes sociais, e vai até 8 de março, Dia Internacional da Mulher, quando uma live com três grandes cientistas brasileiras encerra a ação, que é aberta a todas as meninas e mulheres.


Imagem/Divulgação: Tecnologia Educacional

“Aprender programação e robótica é fundamental. Além de estimular a criatividade, desenvolver o raciocínio lógico e melhorar a capacidade de organização e concentração, são disciplinas indispensáveis para atender as demandas de um mundo cada vez mais digital e conectado”, diz Luís Furtado Gerente de Produto de Tecnologia Educacional. Assim, continua Luís, nosso objetivo com o EstroGênias, é mostrar para iniciantes, incluindo aquelas que nunca tiveram contato com programação, como é possível, por exemplo, fazer uma animação no micro:bit, uma pequena placa programável que inspira a criatividade digital, ensina o fundamental da programação e possibilita infinitas ideias.

Serão projetos simples, executados por Julia Peron Metzger, engenheira da Computação e nome por trás do canal do YouTube Laboratório da Júlia, Karolina França Eugenio, desenvolvedora de software e dona do canal Attekita Dev; a desenvolvedora front-end Giovanna Gimenes Moeller, do perfil no Instagram Girls Coding, e Ana Caroline Follador, professora participantes de outros projetos da Tecnologia Educacional, como o SPIKE Prime Influencers.

Evento com cientistas encerra o EstroGênias e celebra o Dia Internacional da Mulher

A ação EstroGênias termina no Dia Internacional da Mulher, com um bate-papo com três brasileiras que estão deixando sua marca na Ciência e no mundo: Marcia Cristina Bernardes Barbosa, física nomeada pela ONU como uma das mulheres que mudaram o mundo: Duilia Mello, astrofísica que descobriu um corpo celeste originado a partir da explosão de estrelas, e Bárbara Cruvinel Santiagojovem que desenvolve instrumentos para o estudo das galáxias.

Num encontro virtual que poderá ser acompanhado pelo site http://conteudo.tecnologia.educacional.com.br/live-estrogenias, a partir das 15h30, elas irão compartilhar desafios e experiências, e inspirar jovens e meninas a entrarem de cabeça no mundo da ciência e da programação.


Imagem/Divulgação: Tecnologia Educacional

O micro:bit é um hardware baseado em uma em uma pequena placa programável que inspira a criatividade digital, ensina o fundamental da programação e possibilita infinitas ideias. Com um miniprocessador que pode ser usado para diversas criações, ele torna os alunos makers de verdade. A solução ainda permite que o aluno explore a programação em todos os níveis, do básico ao avançado, programando de forma on-line com o MakeCode, Scratch ou Python.

Parceira no Brasil da Micro:bit Foundation, entidade sem fins lucrativos com sede na Inglaterra, a Tecnologia Educacional também oferece o Inventura, uma solução educacional que transforma crianças em inventores, tornando o aprendizado de programação uma experiência fácil, imersiva e estimulante. Segundo a micro:bit Foundation, após conhecer o micro:bit e entrar em contato com os desafios da programação, o interesse das meninas em programar aumentou 16% e na carreira em computação aumentou 45%.


Mais informações sobre o micro:bit e outras soluções para alunos e escolas públicas e privadas estão no site da Tecnologia Educacional: http://tecnologia.educacional.com.br/

Adicionar aos favoritos o Link permanente.

Os comentários estão desativados.