Remuneração variável ganha força durante a pandemia

As vagas com remuneração variável aos empregados ganharam força desde março, quando começou a pandemia. Como alguns setores apresentaram aumento de demandas, empresas no Brasil optaram por essa modalidade de remuneração com intuito de tentar superar esta fase crítica. Existem algumas formas de remunerações variáveis, todas previstas em Lei e elas podem ser atreladas a metas, bônus, prêmios e participação de lucros, cabendo à empresa entender a melhor estratégia a seguir. O motivo do crescimento desta remuneração acontece por conta das empresas que abriram mão do controle de horários trabalhados. A tendência é que as empresas avaliem as entregas, sem realizar a supervisão presencial.

Segundo o presidente da Employer, Marcos de Abreu uma forma bastante interessante, e que tem sido muito utilizada, são os prêmios trazidos na reforma trabalhista de 2017 pela Lei 13.467, que alterou o artigo 457 da CLT.
“Os prêmios são concedidos pelo empregador em forma de bens, valor em dinheiro e serviço. Além disso, o prêmio não tem limite de valor e só precisa ser definido qual o desempenho e meta a ser batida, e tem que estar por escrito ou assinado entre as partes. Em momentos de incertezas, mas também de grandes oportunidades para alguns segmentos, estabelecer desafios e recompensar com prêmios e desempenhos de membros da equipe que se destacam, mantém a empresa oxigenada com redução de custos com encargos sociais e trabalhistas. O que permite inclusive uma bonificação de valor maior e que todo esse valor fique com o trabalhador”, explica.

Para Marcos, a remuneração variável é uma estratégia das empresas para otimizar recursos e aumentar a produtividade, sendo acelerada pela pandemia para superar o atual momento. “As empresas ainda sentem receio em fazer novas contratações. Segundo estudo realizado pela Employer, para ganhar produtividade e reduzir custos, as organizações aderem a novas tecnologias de gestão e oferecem uma sólida política de remuneração variável, estimulando seus colaboradores.”, explica.

Os benefícios da remuneração variável também são consideráveis para o empregador, como por exemplo, no valor do salário do trabalhador onde incidem os encargos sociais, os quais oneram o custo para os empregadores. Em alguns casos a premiação pode ser isenta, reduzindo o custo da empresa e ao mesmo tempo aumentando o ganho do trabalhador.

Hoje a tecnologia ajuda a ter controle eficaz na medição das remunerações variáveis, atendendo à necessidade das pessoas em receberem respostas rápidas, essa comunicação direta e transparente sobre o quanto irão receber por seus empenhos e políticas previamente combinadas gera motivação e confiança.

A Employer investe nessas ferramentas, uma delas é o coletor de dados online integrado à folha de pagamento, um sistema que capta a produção de cada colaborador, transforma isso na remuneração variável combinada, e também apresenta diariamente ao funcionário o valor que irá receber por sua dedicação.

O coletor de dados é capaz de controlar a assiduidade e produtividade de todas as atividades diárias por métricas de padrão aferidas dos empregados, relacionando o trabalho individual ou em grupo calculando as horas executadas. Dessa forma, a empresa consegue ter registro em tempo real com dados sincronizados de todos os custos, tempo, atividades do trabalhador e a produtividade diária por métrica padrão aferidas. Utilizando o combo do ponto coletor, folha de pagamento, holerite e pagamento de salário, todos online, as empresas podem calcular a remuneração variável diária de acordo com os dados coletados da produção, que são convertidos em reais. Essa forma fácil e rápida de acessar informações permite um maior controle de gestão à empresas e facilidade no planejamento pessoal para colaboradores.

Assim como o coletor, outra ferramenta relevante é o Epays. A tecnologia garante uma comunicação totalmente online, acesso ao pelo próprio celular do trabalhador e facilita aceites através da assinatura digital com validade jurídica.

De acordo com Abreu, é essencial calcular a remuneração motivando os colaboradores para futuramente assumirem cargos maiores na empresa. “Com a ferramenta certa, política clara, a remuneração variável pode fazer com que os resultados obtidos e as recompensas sejam fatores decisores para reter excelentes funcionários e reduzir os custos fixos com o pagamento de encargos e salários, valores que podem ser significativos na atual crise”, finaliza.

Tags , , .Adicionar aos favoritos o Link permanente.

Os comentários estão desativados.