Trabalho Temporário é uma das alternativas para salvar a economia no 2° semestre do ano

De acordo com dados do Instituto de Brasileiro de Geografia e Estatísticas (IBGE), a taxa de desemprego no Brasil chegou a 13,1%, o maior índice desde o início da pandemia. A Employer RH contrata mais de 18 mil apenas no primeiro semestre do ano em todo o país, com destaque para os estados de Paraná e Santa Catarina. No ano passado, no mesmo período, foram registradas 17.861 contratações, representando 5% do mercado nacional.

Ainda, de acordo com os números da Employer, nesse ano foram somadas 13.945 contratações de homens, 4.168 contratações de mulheres, sendo que a faixa etária predominante está entre 20 e 25 anos de idade. Segundo Marcos de Abreu, presidente da Employer, o Trabalho Temporário (Lei 6.019/74) ganhou um papel fundamental nesse ano. “A contratação temporária vem sendo utilizada em diversos setores da economia, principalmente na atual situação que estamos enfrentando. Ela passou a ser uma alternativa eficiente para manter a empregabilidade e promete o mesmo desempenho no segundo semestre com a retomada da economia”, explica.

No contrato de trabalho temporário o período permitido é de até 180 dias, podendo ser prorrogado por até mais 90 dias. “Com a modernização da Lei 6.019/74 e do Decreto 10.060/19, é notória a segurança jurídica tanto para a tomadora quanto para o temporário”, finaliza Abreu.

Adicionar aos favoritos o Link permanente.

Os comentários estão desativados.